quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

087 - A Mão do Medo

Divulgação
A Mão do Medo, ou The Hand of Fear, é o segundo arco da 14ª Temporada, e foi transmitido entre 2 e 23 de Outubro de 1976.

Sinopse:

Há milênios, no planeta Kastria, Eldrad é alvo de pena de morte por seus crimes, incluindo a destruição das barreiras que mantinham os ventos solares sob controle. Porém, mesmo tendo seu corpo obliterado, sua mão sobrevive. No presente, o Doutor e Sarah Jane chegam a um lugar deserto onde são pegos de surpresa por uma explosão. Ao tentar sair dos escombros, Sarah pega na mão de Eldrad, ficando inconsciente.

Notas do Revisor:

Tributo à Sarah Jane: Minha Sarah Jane

Quando o Doutor prepara-se para hipnotizar Sarah, ela exclama "Oh, não, não é justo! Não de nov...", que é uma referência à sua hipnose anterior pelo Doutor em Terror dos Zygons. Além disso, houve referências a Andy Pandy e Roentgens.

Quando Elisabeth Sladen anunciou sua intenção de sair da série, a ideia original era que Sarah fosse assassinada em uma história pseudo-histórica sobre alienígenas na Legião Estrangeira. Entretanto, Douglas Camfield, que era o cotado para escrever o roteiro, não pôde fazê-lo, para o alívio de Elisabeth, que não queria que Sarah saísse da série por morte ou matrimônio. Elisabeth também pediu que a partida de Sarah não fosse o tema principal da história, já que pensava que o programa era sobre o Doutor, não sobre o acompanhante. Bob Baker e Dave Martin intencionalmente não escreveram a cena da partida de Sarah. O roteiro dessa cena foi reescrito por Elisabeth Sladen e Tom Baker a partir da versão original de Robert Holmes.

O roteiro original da história mostrava um velho brigadeiro Lethbridge-Stewart que havia sido transferido da UNIT para a Força de Inteligência Xenológica Extraterrestre para estudar atividade ufológica. Era para ele morrer quando sua nave colidisse, felizmente, isso não ocorreu já que Nicholas Courtney não estava disponível para filmar. No roteiro original, Harry Sullivan também aparecia. Além disso, a srta. Jackson era um homem sem nome, foi o diretor Lennie Mayne que ampliou seu papel, alterou o seu gênero e escalou sua mulher, Frances Pidgeon, para interpretá-lo. Por fim, a casa de Eldrad era para ser o buraco negro de Ômega 4.6. Quando o editor de roteiros Robert Holmes sinalizou a Bob Baker e Dave Martin que o nome Ômega já havia aparecido na série (em Os Três Doutores, que ironicamente também foi uma história escrita por Bob e Dave), eles mudaram o nome para Kastria.

Para o Episódio 1 foi filmada uma explosão real na locação. Durante muitos anos persistiu o rumor de que uma câmera foi destruída na explosão. Os comentários do DVD deixam claro isso é apenas uma lenda urbana de fãs. A estação de energia nuclear originalmente seria o complexo de energia de As Garras de Axos, mas resolveram mudar o nome. As cenas foram filmadas na estação nuclear de Oldburry, em Gloucestershire. A próxima Thornbury foi utilizada para a cena final.

Na última cena do Episódio 4, Sarah Jane sibila a canção Daddy Wouldn't Buy Me a Bow Wow. Como a atriz não sabe assobiar, o diretor Lennie fez o assovio enquanto Elisabeth o representava em playback.

Download das Legendas

Download dos Episódios

Minha Sarah Jane

Divulgação
Minha Sarah Jane - Um Tributo para Liz Sladen, ou My Sarah Jane - A Tribute to Elisabeth Sladen, é um especial produzido pela mesma equipe de Doctor Who Confidencial em homenagem à atriz que morreu pouco antes desse pequeno documentário ter sido originalmente transmitido, em 23 de Abril de 2011.

Sinopse:

Atores que recentemente trabalharam com a atriz fazem depoimentos e belas palavras de apoio. Algumas cenas de episódios que Liz participou são exibidas e é contada um resumo da história da atriz na série, e sua importância para o programa e seus espectadores.

Notas do Organizador:

Tributo do BabelColour: Lágrimas para Sarah Jane

Liz estreou na série em O Guerreiro do Tempo, e foi a companheira do Doutor até A Mão do Medo, o último arco em que a atriz foi uma integrante fixa do elenco, mas ela ainda voltaria a interpretar a personagem em K-9 e Companhia (episódio piloto de uma série derivada, ainda não publicado) e Os Cinco Doutores (arco 129, ainda não publicado). E, apesar de que Liz começou a atuar menos depois que sua filha Sadie nasceu, em 1985, ela continuou interpretando Sarah Jane em várias publicações da série, como os áudio dramas de Sarah Jane Smith da Big Finish Productions e o especial de aniversário Dimensões no Tempo. Em 2006, Sarah Jane volta à série mais uma vez, e o sucesso do seu retorno foi tanto que ela estrelou uma série própria, As Aventuras de Sarah Jane. Infelizmente, Liz morreu antes de sequer terminar de gravar a quinta temporada...

Download da Legenda

059 - Os Dæmônios

Divulgação
Os Dæmônios, ou The Dæmons, é o quinto e último arco arco da 8ª Temporada, e foi transmitido originalmente entre 22 de Maio e 19 de Junho de 1971.

Sinopse:

No povoado de Devil's End, uma escavação arqueológica está examinando a infame Corcova do Diabo. Nisso, uma bruxa local chega para protestar, avisando de um grande mal e a vinda da Besta Chifruda, mas todos os presentes tomam-na como louca e não acreditam nela. Enquanto isso, o Doutor assiste a essa cena pela BBC, diz para Jo que a srta. Hawthorne está certíssima, que precisa deter a escavação e sai em direção a ela.

Notas do Segundo Revisor:

O noticiário que aparece em Devil's End era uma emissão do, na época, canal fictício BBC 3, mas, desde 2003, BBC Three converteu-se em um canal real da BBC. O Doutor usa as palavras de uma cantiga venusiana para evitar Bok. Ele usaria novamente em A Maldição de Peladon e O Monstro de Peladon, cantando as palavras com uma melodia que lembra o cântico God Rest Ye Merry Gentlemen. Além disso, o encantamento que o Mestre utiliza para invocar Azal é apenas a canção Maria tinha um carneirinho ao contrário. E o nome de mago que o Doutor se dá, "Qui Quae Quod", são os nominativos masculino, feminino e neutro do pronome relativo "Quem" ("Who") em latim.

Este arco nasceu como uma cena na audição para a personagem Jo Grant. O produtor Barry Letts queria escrever para o programa e decidiu que seria interessante e assustador uma história que tratasse de magia negra. O diretor de roteiros Terrance Dicks, entretanto, tinha suas reservas, dizendo que as pessoas poderiam ver a história como satânica, e assim ela felizmente foi reescrita para ser estritamente científica com temática ocultista. Originalmente, o Mestre invocaria o demônio em uma igreja diante do altar. Entretanto, receios de que isso irritaria os espectadores religiosos fizeram com que as cenas fossem filmadas em uma cripta.

Barry Letts inicialmente queria escrever ele mesmo a história, mas estava sem tempo por causa de suas obrigações como produtor. Sua esposa recomendou um amigo dela, Robert Sloman, que era dramaturgo e jornalista. Juntos, trabalharam no roteiro. Nessa época, entretanto, a BBC não via com bons olhos um membro da produção escrever para sua própria série, por isso Barry e Robert decidiram usar o pseudônimo Guy Leopold, o nome do filho de Robert e o segundo nome de Barry, respectivamente.

Grande parte do arco foi filmado em Aldbourne, Wiltshire, na Inglaterra. As filmagens ao ar livre levaram duas semanas, mais que o dobro da média na época, fazendo com que grande parte da história estivesse ambientada ao ar livre no lugar de no estúdio. Outras locações incluem o aeródromo de Membury, em Berkshire, e Bridge Farm, em Ramsbury. As filmagens começaram em 19 de abril de 1971, e fez um tempo agradável e ensolarado durante a primeira semana, mas na segunda semana nevou durante a noite, o que provocou um atraso nas filmagens. Algumas cenas do Episódio 1 foram filmadas à noite, uma raridade para o programa, apesar de que algumas dessas cenas foram filmadas de dia com um filtro escuro diante da lente da câmera. Outras cenas internas escuras foram filmadas em um hangar abandonado em Bridge Farm, Ramsbury. A filmagem do arco causou grande emoção em Aldbourne, com grande parte dos residentes aparecendo como extras, assim como os dançarinos da dança Morris de Headington Quarry fazendo um número de dança no Episódio 4.

No elenco, aparece o natural de Wiltshire David Simeon, e ele já havia aparecido na série na temporada anterior em Inferno. A atriz cômica Damaris Hayman, que interpretou a srta. Hawthorne, possuía interesse no sobrenatural e ajudou durante a produção como conselheira não oficial. Inclusive, um amigo seu que praticava feitiçaria elogiou o roteiro por sua precisão. Finalmente, Stephen Thorne interpretou Azal, e voltaria a aparecer na série em Os Três Doutores e A Mão do Medo.

Depois de três dias de gravação no estúdio, o arco foi finalizado em 16 de maio de 1971, pouco mais de um mês antes da estreia de seu último episódio, no qual havia uma cena da maquete de uma igreja explodindo. A cena era tão realista que muitos espectadores pensaram que a BBC havia explodido uma igreja de verdade durante as filmagens. A BBC recebeu muitas cartas protestando por isso.

Legendas publicadas originalmente no Universo Who.

Download das Legendas
Episódio 4
Episódio 5
Ou baixe todas as legendas desta temporada pelo Dropbox.

Download dos Episódios

sábado, 30 de setembro de 2017

145 - Torres Paraíso

Divulgação
Torres Paraíso, ou Paradise Towers, é o segundo arco da 24ª Temporada, e foi transmitido entre os dias 5 e 26 de Outubro de 1987.

Sinopse:

O Doutor e Mel, em busca de uma piscina, aterrissam nas Torres Paraíso, um edifício de luxuosos apartamentos do século XXII que caiu no caos. O edifício agora é dividido entre gangues de jovens garotas, denominadas Kangs e agrupadas por cores. Em outro lugar das Torres, um dos Zeladores (espécie de policiais ao estilo de Juiz Dredd) é caçado e assassinado por um Limpador.

Notas do Revisor:

O autor Stephen Wyatt baseou esta história na parte do livro de J. G. Ballard Arranha-céus (High Rise) em que mostra um edifício de apartamentos de luxo que decaem para a selvageria.

Originalmente a música seria feita por um membro da BBC Radiophonic Workshop, mas o produtor John Nathan-Turner decidiu que não era necessário a música ser de produção própria. Em seu lugar, contratou o compositor autônomo David Snell, mas John cancelou o contrato avançada a produção porque não estava contente com o resultado, e Keff McCulloch se encarregou da trilha sonora de última hora.

Nisha Nayar, uma extra que não foi creditada por interpretar uma das Kangs Vermelhas, apareceu posteriormente em um papel mais importante como a programadora feminina na última história da primeira temporada da Série Atual, convertendo-se na segunda intérprete a aparecer na série clássica e na atual.

Download das Legendas
Episódio 1
Episódio 2

Download dos Episódios

036 - A Maldade dos Daleks*

Divulgação
A Maldade dos Daleks, ou The Evil of the Daleks, é o nono e último arco da 4ª Temporada e foi transmitido entre 20 de Maio e 1º de Julho de 1967.

*Este arco contém os Episódios 1 e 3 a 7 reconstruídos. Para saber mais, acesse Episódios Reconstruídos.

Sinopse:

Em Londres, em 1966, o Doutor e Jamie McCrimmon observam sem poder fazer nada como a TARDIS é levada de caminhão do aeroporto de Gatwick. O caminhão chega à loja de antiguidades de Edward Waterfield, que vende objetos da era vitoriana que, curiosamente, parecem novos. Edward está sendo coagido pelos Daleks, que aparecem em um quarto secreto de sua loja mediante uma máquina do tempo. Nisso, investigando a loja, o Doutor e Jamie caem em uma armadilha.

Notas do Revisor:

No Episódio 1, o Doutor menciona Roberto de Bruce, ou Roberto I. Ele foi o rei da Escócia de 1306 até sua morte. Sem contar a Terra, a viagem do Doutor a Skaro em A Maldade dos Daleks é uma das primeiras vezes que o Doutor volta a um planeta alienígena que já tinha visitado em uma história anterior. Uma nova versão do Imperador Dalek apareceria em Recordação dos Daleks e elementos deste arco apareceriam novamente na Série Atual, como usar espelhos para construir uma máquina do tempo e Daleks usando o "fator humano".

Em uma cena cortada do arco Dia dos Daleks foi dito que os Daleks rebeldes deste arco foram destruídos, estabelecendo que esta não seria a última batalha dos Daleks. Para explicar esse regresso depois de o Doutor dizer que ele e seus companheiros tinha visto "o fim dos Daleks, para sempre!", essa cena de Dia dos Daleks revelava que os Daleks humanos haviam perdido a guerra civil vista nesta história.

A história foi apagada dos arquivos da BBC no final da década de 1960. Os Episódios 1 a 6 foram apagados em agosto de 1968, e o 7 em setembro de 1969. O 2 só sobreviveu graças a uma cópia em celuloide, que foi encontrada em uma feira de carros e foi devolvida ao arquivo da BBC em maio de 1987. Além disso, foi descoberto um filme de como foi feito este arco, intitulado O Último Dalek (The Last Dalek), produzido pela equipe de efeitos especiais enquanto trabalhavam na conclusão do arco, o que facilitou a recriação das cenas da batalha na cena do clímax. Essa recriação, junto com o filme completo, tornou-se pública em diversas publicações de Troughton. Sem falar que sobreviveram vários fotogramas de toda a história.

No Episódio 4, Patrick Troughton só aparece em cenas filmadas anteriormente, já que estava de férias. Da mesma forma, Deborah Watling só aparece em uma cena pré-filmada no Episódio 3.
Legendas publicadas originalmente no Universo Who.

Download das Legendas

Download dos Episódios

terça-feira, 1 de agosto de 2017

073 - O Monstro de Peladon

Divulgação
O Monstro de Peladon, ou The Monster of Peladon, é o quarto e penúltimo arco da 11ª Temporada, e foi transmitido entre 23 de Março e 27 de Abril de 1974.

Sinopse:

No planeta Peladon há uma luta de poder entre os mineiros de trisilicato e a classe governante, com os mineiros sob a liderança de Gebek e Ettis que pedem melhores condições. A governadora do planeta, a rainha Thalira, filha do rei Peladon, simpatiza com eles, mas sabe que seu planeta é vital para proporcionar à Federação Galáctica material necessário para uma guerra que ela está travando. Contudo, o chanceler Ortron tenta convencer a rainha de que essa presença alienígena é maléfica ao planeta. Enquanto isso, outra presença alienígena chega à cidadela: o Doutor, que anseia encontrar rostos amigos, e Sarah Jane Smith.

Notas do Revisor:

O mineral recebeu o nome de trisilicato porque Barry Letts viu o nome na parte de trás de um tubo de pasta de dente como um dos ingredientes.

A Maldição de Peladon foi transmitida durante a greve de mineiros de 1972 no Reino Unido, que provocou em muitas áreas do Reino Unido apagões elétricos programados. Isso pode explicar a queda de espectadores nos últimos episódios desse arco. Segundo as notas do DVD The Peladon Tales, essa ação industrial inspirou parcialmente a história deste arco.

No Episódio 3, Sarah Jane fala sobre "liberação feminina". O "women's liberation movement", no original, foi um movimento de pensamento feminista que lutava pela igualdade legal e social para as mulheres e emergiu nos EUA, Reino Unido e outros países desenvolvidos no final da década de 1960 e persistiu ao longo da década de 1970. Feministas e acadêmicos definem esse momento como a segunda onda do feminismo.

Download das Legendas

Download dos Episódios